A nova edição deste livro justifica-se pelo seu valor simbólico - de ter pautado
uma temática/problemática da realidade social no campo da pesquisa e produção de
conhecimento. Seu pressuposto básico é - há formas educacionais fora da
realidade escolar, fora da educação formal propriamente dita. Há produção de
saberes e aprendizagens extracurriculares, distintos do conhecimento prescrito
às escolas, e fazem parte da formação dos indivíduos. A educação não formal é
fundamental para a formação para a cidadania, para o exercício da civilidade no
convívio com o outro e na utilização de padrões éticos, para o reconhecimento e
a aceitação da diversidade cultural e suas diferenças, para a prática da não
violência em todas as esferas da vida etc. Portanto, além de ampliar o escopo de
atuação não formal para outros campos, considera-se que ela é parte da formação
de todo ser humano, independentemente de classe, origem, ou qualquer outra forma
de identidade ou pertencimento social, econômico, cultural, linguístico, ou
político.

Veja opiniões de quem já comprou