Samsung Galaxy A71

Em 2019, um dos smartphones que mais chamaram a atenção no mercado foi o Galaxy A70.

Carregando especificações capazes de bater de frente com aparelhos top de linha e preço bem mais acessível, este modelo realmente caiu no gosto do consumidor brasileiro.

Encontramos 1004 produtos

  • Ordene Por:
  • Mais Populares
  • Mais Vendidos
  • Menor Preço
  • Maior Preço
  • Recém Chegados

O Galaxy A71, nesse sentido, se baseia no celular antecessor, apenas fazendo alterações pontuais na câmera, chipset e design, para que a versão atualizada respeite as novas exigências do usuário.

Em resumo, a marca coreana não mudou muito, uma vez que seguiu a mesma fórmula de sucesso do A70. Entretanto, as novidades do A71 tornam o smartphone um grande concorrente da linha intermediário-premium para os próximos anos.

Confira as especificações deste aparelho que você pode encontrar no ShopFácil.com.

Design do Galaxy A71

Se os consumidores Samsung apreciam o design vibrante em gradiente dos últimos smartphones da linha Galaxy A, eles vão adorar os novos modelos. Bem como o A71, todas versões de final de 2019 e início de 2020 ainda carregam a mesma identidade, mas com leves ajustes.

Agora, é possível ver linhas que dividem o celular em quatro quadrantes na traseira do aparelho, as quais ficam ainda mais claras conforme a luz reflete na superfície do telefone. Cada quadrante tem uma tonalidade ligeiramente diferente e o efeito é bem impressionante.

Quanto à construção, o telefone ainda conta com um acabamento em policarbonato. Apesar disso, esse plástico especial da Samsung está muito longe de fazer feio. O design gradiente combinado com o revestimento brilhante faz a parte de trás parecer vidro. A olho nu é quase impossível perceber a diferença, que só pode ser notada ao tocar no smartphone.

Outra mudança de design na parte traseira é a caixa retangular da câmera. Assim como o restante do portfólio de intermediários e premium da Samsung em 2020, o Galaxy A71 mostra que a marca pretende seguir um design unificado para essas linhas de aparelhos.

Para finalizar, o modelo dispõe de botões liga/desliga e de volume no lado direito do telefone, como posicionamento não muito acima da linha central, o que traz mais agilidade no toque. Vale ressaltar também que o A71, diferentemente de alguns de seus superiores, ainda não abandonou o conector P2 para fones de ouvido.

Display do Galaxy A71

Dominando a frente do Galaxy A71 está uma tela Super AMOLED Full HD+ (2400 x 1080) de 6,7 polegadas. O display em si é praticamente o mesmo do A70, mas isso não é algo ruim. Afinal, o usuário ainda terá uma tela com cores vibrantes, excelente visibilidade e ótimos ângulos de visão. Além disso, ela também é protegida por uma camada de Gorilla Glass 3.

E, apesar de o Galaxy A71 ter uma tela enorme de 6,7 polegadas, é surpreendentemente ergonômico e fácil de utilizar com apenas uma mão. Sua curvatura na parte de trás facilita o uso – o usuário simplesmente não tem a sensação de que está usando um telefone com uma tela de 6,7 polegadas.

A tela do Galaxy A71 definitivamente fornece cores precisas e vibrantes por padrão. Contudo, também é possível ajustar o equilíbrio de saturação, alterando as configurações do telefone. Isto é, assim como é o caso de todos os outros telefones Samsung, neste modelo, é permitido personalizar bastante seu setup inicial.

Enfim, bem como a estética do design, a tela do Galaxy A71 se mantém bem competitiva para os próximos anos. Ela é uma das melhores telas da categoria intermediária, chegando quase a competir com alguns modelos premium.

Câmera do Galaxy A71

O Galaxy A71 possui uma câmera quádrupla traseira, sendo uma lente primária de 64 MP unida por uma lente grande angular de 12 MP, lente macro de 5 MP e uma lente retrato de 5 MP. A disposição das lentes é idêntica às outras versões que utilizam um formato retangular na parte traseira.

Na prática, as fotos tiradas à luz do dia apresentam muitos detalhes, oferecendo uma grande faixa dinâmica e cores vibrantes. Há pouco ou nenhum ruído, o foco não estoura e o HDR automático faz um ótimo trabalho, destacando os detalhes nas fotos.

Como é de se esperar, no entanto, o Galaxy A71 não se sai tão bem em condições de pouca luz. Esse é um tema constante no segmento de médio porte e, no que se refere a essa categoria nos últimos três anos, não há muitos smartphones que possam tirar boas fotos com pouca luz.

Outro ponto negativo, mas pouco relevante, é a difícil utilização da câmera macro. Afinal, tendo uma distância focal fixa, é quase impossível fazer com que ela foque em um objeto. O esforço necessário simplesmente não vale a pena.

Na frente, há uma câmera de 32 MP para tirar selfies.

Processador do Galaxy A71

Uma das razões que fizeram o Galaxy A70 um grande sucesso de mercado foi seu chipset Snapdragon 675. O Galaxy A71, então, cultivou esse êxito ainda atualizando o processador. Agora, o smartphone fornece o Snapdragon 730, a fim de proporcionar ainda mais experiência ao usuário.

O Snapdragon 730 apresenta dois núcleos Cortex A76 com freqüência de 2,2 GHz e seis núcleos Cortex A55 com eficiência energética que vai até 1,8 GHz. Ele também tem a GPU Adreno 618, o Hexagon 688 DSP e é construído no nó de 8 nm. O encolhimento do nó para 8 nm permite que o Galaxy A71 forneça mais bateria do que seu antecessor.

O processador é comum hoje em telefones bem populares, como Mi 9T e Mi Note 10. Não à toa, o Galaxy A71 não deixa a desejar em jogos mais pesados. Em resumo, ele oferece um desempenho mais do que suficiente para tarefas diárias e também funciona como um chipset decente para “heavy users”.

Memória e armazenamento do Galaxy A71

O Galaxy A71 vem com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno. Há também uma variante com 8 GB de RAM, mas esse é mais difícil de ser comercializado no Brasil. Em ambos os modelos há entrada para MicroSD que pode encaixar em um cartão de até 1 TB de memória.

Bateria do Galaxy A71

Um recurso de destaque do Galaxy A71 é a duração da bateria. Com 4.500 mAh, o telefone consegue facilmente entregar o equivalente a um dia de uso de forma consistente. Isto é, o usuário não precisará se preocupar em ficar sem bateria ao longo de um dia – em média, uma carga completa tende a durar 15 horas.

Além disso, quando precisar carregar o telefone, há um carregamento rápido de 25 W, com um carregador incluso na caixa. Na prática, 50% de carga pode ser obtida em apenas 30 minutos, enquanto uma carga completa leva pouco mais de 80 minutos.

Não há carregamento sem fio ou resistência à água aqui, mas, para quem está procurando um telefone que não o deixe na mão, o Galaxy A71 é uma ótima escolha em 2020.

Conectividade do Galaxy A71

Em termos de conectividade, o Galaxy A71 possui Wi-Fi ac, Bluetooth 5.0 LE, A-GPS e NFC. Vale ressaltar que ele é dual-SIM, sendo que no Brasil só é encontrado na versão 4G.